Listras para o Verão 2020

Listras para o Verão 2020

Listras para o Verão 2020

A listra é um clássico. No verão passado ela caiu no mainstream e invadiu de vez o guarda-roupa de todo mundo. Na viscose, no algodão, na camisa, na camiseta, no short, no conjunto... Tudo foi tomado pelas listras. Para o Verão 2020, a proposta ganhou reapareceu, só que, dessa vez, mais maduras e em cartela mais suave.

A listra é um código forte dentro do sistema da moda. Antes, usada para marcar aqueles que estavam à margem da sociedade, hoje, ela é marca que indica quem está antenado com o que há de mais quente nas araras e mais fresco no mundo da moda.

Com uma onda ainda mais forte de fibras naturais para o Verão 2020, agora, as listras aparecem em tonalidades mais claras e aplicadas em bases de fundo também claro. Rosa Quartzo e cru, Azul Dream e off white são algumas das combinações que fazem parte da nossa coleção de tecidos.  

Versões mais coloridas da estampa clássica também vem para dar um toque de cor nos looks de verão. Mas, neste ano, o ideal mesmo é apostar em tonalidades neutras, tecidos leves, fluidos, modelagens amplas. O look resort nunca esteve tão em alta quanto agora.

Fashion e Cult: algumas curiosidades sobre listras

As listras e a França

A imagem do marinheiro que veste uma camiseta branca listrada é clássica. Na moda, a peça virou assinatura do estilista francês Jean Paul Gaultier. Sua origem remonta aos tempos de Napoleão Bonaparte, que usou cada faixa marinho para simbolizar uma de suas vitórias. Naquele tempo, as camisetas tinham 21 faixas e ficou conhecida como “camisa bretã”.

 As listras e Coco Chanel

A quebra de paradigmas das listras, reza a lenda, aconteceu por meio da estilista francesa Coco Chanel, que no início do século XX foi à Riviera Francesa e teve contato com o uniforme dos marinhos. O minimalismo repleto de significado das camisetas a inspirou a lançar uma coleção com temática náutica e que foi sucesso, principalmente em suas lojas no sul da França.

As listras e o pop

Depois de Chanel subverter o conceito pejorativo da listra, foi a vez de nomes de grandes homens ajudarem na popularização do “camisa bretã” pelo mundo. O artista pop Andy Warhol, o pintor Pablo Picasso e o ator Marlon Brando foram nomes que impulsionaram a popularização das listras. Mais tarde, as estampas com linhas paralelas se tornaram ícone do astro Kurt Cobain.

Deixe um comentário

* Necessário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados